maio

Nesta terça: “Elvis e Madona” no Cinema na Uesb

O Cinema na Uesb desta terça-feira, 4, encerra a mostra temática “Cinema além das sete cores: um olhar sobre a diversidade”, com o longa nacional “Elvis e Madona” (2011), do diretor Marcelo Laffitte. A exibição será às 19 horas, no Teatro Glauber Rocha, com entrada franca e classificação de 14 anos. O professor João Diógenes, do DFCH/Uesb, fará o comentário logo após o filme.

Sobre o filme

Elvis (Simone Spoladore) sonha em ser fotógrafa, mas a necessidade de sustento faz com que aceite o emprego de entregadora de pizza. Madona (Ígor Cotrim) é uma travesti que trabalha como cabeleireira. Ela sonha em produzir um show de teatro de revista. Logo após conhecer Elvis, que é homossexual, elas se tornam grandes amigas. Mas, pouco a pouco, nasce um sentimento mais forte que a mera amizade.

Mais informações, pelo telefone (77) 3425-9330.

Sessão com “Elvis e Madona” é suspensa

Em virtude da paralisação docente na Uesb, nesta terça-feira, 28, o Janela Indiscreta suspendeu a sessão que exibiria o filme “Elvis e Madona” e contaria com o comentário do professor do DFCH, João Diógenes, no Teatro Glauber Rocha. Na próxima terça, 4, haverá normalmente a sessão do Cinema na Uesb, iniciando a mostra “O Cinema Pisou na Bola: Poder e Paixão”.

“C.R.A.Z.Y – Loucos de Amor” no Cinema na Uesb

Dando continuidade à mostra temática “Cinema além das sete cores: um olhar sobre a diversidade”, o Janela Indiscreta exibe no Cinema na Uesb desta terça-feira, 14, o filme “C.R.A.Z.Y – Loucos de Amor” (Canadá, 2005), do diretor Jean-Marc Vallée. A exibição será às 19 horas, no Teatro Glauber Rocha, com entrada franca e classificação de 16 anos. O comentário fica por conta do historiador Afonso Silvestre.

Sobre o filme

No dia 25 de dezembro de 1960, Zachary Beaulieu vem ao mundo. É o quarto entre cinco irmãos, todos meninos. A infância de Zachary é marcada pelos aniversários natalinos em que seu pai (Michel Côté), invariavelmente, encerra a festa imitando Charles Aznavour. Sua adolescência traz a descoberta de uma sexualidade diferente e sua negação profunda para não decepcionar a família. E a maturidade, enfim, chega com uma libertadora viagem mística por Jerusalém, a cidade que sua mãe sempre sonhou conhecer.

Mais informações, telefone (77) 3425-9330.

Cinema na Uesb exibe “Traídos pelo Desejo”

O Janela Indiscreta apresenta, no Cinema na Uesb do mês de maio, a mostra temática “Cinema além das sete cores: um olhar sobre a diversidade”.Nesta terça, 7, será exibido o filme “Traídos pelo Desejo” (1992, Inglaterra), do diretor Neil Jordan, às 19 horas, no Teatro Glauber Rocha, com entrada franca e classificação de 16 anos. O historiador Marcelo Lopes comentará o filme após a exibição.


Sobre o filme

Esse suspense de Neil Jordan ganhou o Oscar de roteiro original. Stephen Rea, que sempre está nos filmes do diretor, é Fergus, um militante do IRA que fugiu de Londres depois de uma missão mal sucedida, que teve a morte de um refém. Considerado traidor, é perseguido pelos seus antigos companheiros do grupo, ele vai atrás de Dil (Miranda Richardson), a ex-namorada do refém morto. Os dois acabam se apaixonando, mas ela nada sabe de seu passado terrorista, tampouco ele sobre a vida dela.

Mais informações, pelo telefone (77) 3425-9330.